Redação Jornal Enfermeiro

Redação Jornal Enfermeiro

Na semana entre 4 e 10 de janeiro foram registados 20 casos de Gripe A, sete dos quais motivaram o internamento em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), adiantou o Instituto Ricardo Jorge no boletim de vigilância da gripe.

Cortar para metade a gramagem de açúcar nos pacotinhos que acompanham o café, reformular os alimentos em parceria com a indústria alimentar e educar nas escolas com ações para reduzir a sacarose são propostas da Direção Geral de Saúde.

A falta da vacina contra difteria, tétano e tosse convulsa não põe em causa a saúde pública ou das crianças, garantiu hoje o diretor-geral da saúde, acrescentando contudo que a sua distribuição foi reestabelecida no final de dezembro.

A administração do Hospital de Santarém confirmou ontem [13 de janeiro] à Lusa que foram identificados casos de gripe A em alguns doentes e profissionais, mas referiu que a situação está controlada e que os cuidados aos doentes estão assegurados.

O investigador de Coimbra Ricardo Pocinho iniciou um estudo para perceber se o envelhecimento ativo, nomeadamente a educação e o lazer, têm impacto no combate ao stress na população idosa.

A endocrinologista Isabel do Carmo afirma que a suposta intolerância à lactose é uma moda, para a qual não existe qualquer fundamento científico, e que resulta da influência da indústria de produção de soja.

A subdiretora-geral da Saúde afirmou hoje que o vírus da gripe A, diagnosticado recentemente em 13 pessoas nas urgências do Hospital da Guarda, não é pandémico e é menos perigoso do que o verificado há seis anos.

A Associação Portuguesa de Hospitalização Privada (APHP) apresentou uma queixa na Comissão Europeia contra o Estado português que acusa de “concorrência desleal” no protocolo que estabeleceu para a prestação de cuidados de saúde nas instituições e serviços das Misericórdias.

A Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda anunciou hoje que o serviço de urgências do hospital daquela cidade diagnosticou este mês 13 casos de Gripe A e deu uma "resposta eficaz" à situação.

O serviço de Pneumologia do hospital de Viana do Castelo "personalizou" uma aplicação para smartphones que permite monitorizar os doentes com insuficiência respiratória crónica, "à distância, em tempo real", reduzindo "drasticamente" as deslocações à urgência.

Pág. 9 de 68

Anuário

Anuário Enfermeiro 2019

PUB