Opinião

Cuidados Paliativos: perspetivas e necessidades em Saúde Pública
Manuel Luís Vila Capelas, Enfermeiro, Doutor em Ciências da Saúde-Cuidados Paliativos, Professor no Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa, Presidente da Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos
19 Nov. 2015

LuisCapelas 02 f4d46Tanto os cuidados paliativos como os Direitos Humanos são baseados nos princípios da dignidade da pessoa, da universalidade e não-descriminação, em que na Carta dos Direitos Humanos está claramente referenciado que se deve respeitar o direito aos cuidados de saúde.

Tem mesmo a certeza de que está doente? Uma em cada dez pessoas contrai infeções em hospitais
Isabel de Jesus Oliveira, Enfermeira Especialista em Enfermagem de Reabilitação, Presidente do Conselho Diretivo Regional da Secção Regional do Centro da OE
11 Nov. 2015

Enf Isabel Oliveira opiniao ed5dfSabia que Portugal tem uma das maiores taxas de prevalência de infeções associadas aos cuidados de saúde (IACS) da Europa? Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2011 foram gastos mais de 500 milhões de euros para as tratar. Este é um problema que os políticos se esquecem de mencionar, mas de consequências gravíssimas. Causam a morte, deixam sequelas e provocam incapacidades temporárias e permanentes.

Anuário

Anuário Enfermeiro 2021

PUB