Entrevistas

Catarina Esteves Santos: O estigma, o envelhecimento e a qualidade de vida apresentam-se como os principais desafios dos doentes com VIH
Redação Jornal Enfermeiro
15 Dez. 2022

Começou por trabalhar como enfermeira na unidade de psiquiatria forense em Coimbra, mas foi quando ficou encarregue dos paliativos de VIH que percebeu ser uma missão proporcionar os melhores Cuidados possíveis aos doentes infetados. “A qualidade na morte é muito importante de falar, independentemente do trajeto ou da doença que as pessoas têm. Ninguém deve morrer sozinho e a sofrer”. Nesse sentido, e para perceber o que evolui em 40 anos de VIH/SIDA, o papel dos enfermeiros na melhoria da qualidade de vida de uma doença que se apresenta, atualmente, como crónica, e ainda, para um balanço acerca do Curso Pré-congresso 3 “Infeção por VIH e Enfermagem em rede”, inserido no 13.º Congresso Nacional VIH/ SIDA, leia a entrevista a Catarina Esteves Santos, enfermeira na Unidade Funcional de VIH do Hospital de Cascais.

“Ainda temos um caminho a percorrer até à criação da especialidade de enfermagem oncológica”
Marlita Carneiro
04 Out. 2022

A criação da especialidade é uma das reivindicações da AEOP – Associação de Enfermagem Oncológica Portuguesa, de acordo com a sua presidente, Paula Amorim. Um primeiro passo importante já foi dado – a certificação da respetiva competência acrescida. A formação pós-graduada específica é outra das batalhas da associação, tendo em vista o papel complexo que o enfermeiro assume nos cuidados oncológicos. Leia a entrevista completa concedida ao Anuário do Enfermeiro.

Anuário

Anuário Enfermeiro 2023

PUB