A Escola Superior de Enfermagem S. João de Deus, da Universidade de Évora, promove o II Seminário de Obstetrícia no dia 24 de fevereiro, para partilha de conhecimentos e experiências que possam indicar caminhos, desafios e progressos na saúde materna e obstetrícia.

Publicado em Novidades

As equipas de Obstetrícia e da Unidade de Neurocríticos do Centro Hospitalar de Lisboa Central realizaram ontem uma cesariana programada para fazer nascer uma criança, cujas últimas semanas de gestação ocorreram com a mãe em estado de morte cerebral.

Publicado em Atualidade

Todos os dias nascem em média 17 bebés prematuros em Portugal, que representam quase oito por cento do total de nascimentos, com o país a apresentar uma taxa de prematuridade elevada comparado com a restante realidade europeia.

Publicado em Atualidade

Um estudo ontem divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta que as doenças não transmissíveis, como a diabetes ou a hipertensão, são uma ameaça crescente para as grávidas e põem em causa os progressos alcançados na saúde materna.

Publicado em Atualidade

«Estou muito entusiasmada com este novo desafio e certamente que o contributo de Portugal, país que tem investido tanto na Saúde Materna e Obstétrica, vai ser muito acarinhado pelo European Forum of National Nursing and Midwifery Associations (EFNNMA). Foi desta forma que Graça Machado, Vice-presidente do Conselho Diretivo da Ordem dos Enfermeiros (OE) e responsável política pelas Relações Internacionais, reagiu à sua eleição para o Comité Executivo do EFNNMA.

Publicado em Atualidade

Metade das grávidas hipertensas e que estão medicadas desenvolvem complicações no parto ou pós-parto, segundo um estudo realizado no Centro Hospitalar do Baixo Vouga.

Publicado em Atualidade

No passado dia 15 de dezembro, o regulador independente de cuidados de saúde e cuidados sociais inglês, Care Quality Commission, publicou um estudo nacional sobre maternidade que demonstra que as parturientes estão a receber melhores cuidados de saúde materna, na medida em que podem escolher onde e como decorre o parto, têm melhor acesso a midwives (Enfermeiros Especialistas em Saúde Materna e Obstétrica em Portugal) e, consequentemente a melhor informação.

Publicado em Atualidade