Alunas de Enfermagem criam caixa eletrónica que ajuda a tomar medicação

terça, 04 julho 2017 10:22

Chama-se MedBox e pretende facilitar e controlar a toma de medicação, abrindo apenas à hora certa para tomar os comprimidos. O projeto foi desenvolvido por três alunas de Enfermagem da Escola Superior de Saúde de Santa Maria, no Porto, no âmbito da cadeira de Empreendedorismo.

O projeto consiste numa caixa de medicamentos eletrónica e numa app para smartphones, que permite controlar a toma e a reposição da medicação. A caixa tem seis compartimentos enumerados, inclusive em braille, e só abre à hora registada na aplicação. A essa hora, a app emite também avisos, que podem ser sonoros, luminosos ou vibratórios.

A aplicação, além de controlar a caixa, permite registar valores de glicemia, tensão arterial e colesterol, serve como registo da medicação tomada pelo doente e de ficha médica, podendo ser utilizada nas idas ao médico. Para idosos ou pessoas que não consigam ser independentes, a app disponibiliza o "Modo Cuidador", em que o controlo é realizado por outra pessoa.

O projeto foi desenvolvido pelas alunas Mariana Garcez, Diana Mota e Catarina Cardoso e foi apresentado no 1.º Concurso Nacional Jovens Empreendedores 2017/ 1.ª Mostra Nacional de Jovens Empreendedores, que se realizou no início de junho, no Porto, onde arrecadou seis distinções, entre elas o primeiro prémio para projetos de ensino superior, o Prémio Especial Incubação Startup Juventude e o Prémio Especial Santander Totta.